Notícias Pró Brasil

Canal independente de notícias e informações
O STF aprovou aumento de R$ 25,7 milhões para o orçamento de 2021

Um possível reajuste salarial dos ministros, que atualmente é de 39,2 mil, não está incluído nesta proposta orçamentária, que totaliza R$ 712,4 milhões

A proposta orçamentária do Supremo tribunal Federal (STF) foi aprovada na tarde de ontem (12), e prevê um reajuste de 3,74%, valor total R$ 712,4 milhões, acréscimo de R$ 25,7 milhões, em relação ao orçamento de 2020, que foi de R$ 686,7 milhões.

Conforme publicado pela Revista Oeste, a maior fatia será destinada para o custeio de “pessoal e encargos sociais”: R$ 451.465.424,00 milhões. A fim de manter “outros custeios e capital”, a Corte receberá R$ 176.001.428,00 milhões. “Despesas financeiras” terão disponíveis R$ 52.959.674,00 milhões. Já os benefícios dos mais de 2 mil funcionários ficou em R$ 32.035.906,00 milhões.

Em comunicado, o Presidente do STF, o ministro Dias Toffoli, falou:
“O que apresentamos agora é o possível no atual momento, sem prejuízo da soberania do parlamento em aprimorar o orçamento”

Recentemente, o STF foi alvo de críticas, e, até mesmo, da justiça, por conta de um contrato no valor de R$ 481,7 mil, que previa a compra de lagostas e vinhos para refeições a serem servidas a autoridades.

Leave comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *.